• Acesse a área exclusiva:

Você sabia? Amamentação reduz risco de obesidade na vida adulta



A obesidade é uma epidemia global, e sua prevalência em crianças e adolescentes vem aumentando em todo o mundo, provocando um alto impacto negativo na saúde pública. A obesidade precoce eleva o risco de doenças associadas ao excesso de peso, como diabetes, inflamações intestinais e problemas cardiovasculares, como pressão alta. A amamentação exclusiva nos primeiros seis meses de vida e continuada até dois anos ou mais é um fator de proteção contra a obesidade.

O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os dois anos de idade ou mais, e que nos primeiros 6 meses, o bebê receba somente leite materno, sem necessidade de sucos, chás, água e outros alimentos. Quanto mais tempo o bebê mamar no peito, melhor para ele e para a mãe. Depois dos 6 meses, a amamentação deve ser complementada com outros alimentos saudáveis e de hábitos da família.

Amamentar é muito mais do que nutrir a criança. É um processo que envolve interação profunda entre mãe e filho, com repercussões no estado nutricional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, em sua fisiologia e no seu desenvolvimento cognitivo e emocional.

Benefícios para o bebê: O leite materno protege contra diarreias, infecções respiratórias e alergias. Diminui o risco de hipertensão, colesterol alto e diabetes, além de reduzir a chance de desenvolver obesidade. Crianças amamentadas no peito são mais inteligentes, há evidências de que o aleitamento materno contribui para o desenvolvimento cognitivo.

Benefícios para a mãe: Reduz o peso mais rapidamente após o parto. Ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e de anemia após o parto. Reduz o risco de diabetes. Reduz o risco de desenvolvimento de câncer de mama e de ovário.

Fonte: Ministério da Saúde / Obesidade Infantil Não (Amil).

No último dia 27/10 (sábado), fizemos um workshop de amamentação em nossa clínica com o objetivo de compartilhar informações e ajudar as mães a saberem resolver, de forma simples, as dificuldades mais comuns que possam surgir no dia dia com o bebê.


Deixe seu comentário




Voltar

Agendamento Online