• Acesse a área exclusiva:

Perder peso ou emagrecer?



É comum associar a perda de peso ao emagrecimento, mas há uma diferença importante entre os dois conceitos. Primeiro, é preciso esclarecer que o peso é a soma da massa de diferentes tecidos (músculos, gordura, ossos e água), portanto, perder peso se refere à redução de qualquer um desses componentes.  Já, emagrecer é a perda das famosas gorduras, cujo excesso é prejudicial ao organismo.

O processo de emagrecimento pós-cirurgia bariátrica dura, em média, 18 meses. A maioria das pessoas que segue, rigorosamente, as orientações nutricionais, começa de imediato o acompanhamento com o fisioterapeuta e a prática de atividade física, chegando ao peso ideal, com menos de um ano, alcançando assim, o sucesso da operação. Para quem já fez a cirurgia bariátrica, é muito importante entender essa diferença entre perder peso e emagrecer, porque é comum pessoas perderem peso muito rapidamente nos primeiros meses pós-cirurgia e, essa perda, deve ser monitorada por um nutricionista.

Do ponto de vista nutricional, é fundamental o acompanhamento adequado com exames, como a bioimpedância, para mostrar a quantidade de massa muscular e massa gorda perdida no período. Nos primeiros meses pós-cirurgia, é crucial não perder massa muscular, mas, sim, gordura. A perda de massa muscular pode acarretar doenças nos ossos e articulações.

O acompanhamento com o nutricionista nos primeiros meses de pós-operatório é de extrema importância para realização do controle da perda da massa muscular, além do suporte alimentar. Praticar atividades físicas ajuda a repor a massa perdida e um bom componente nutricional vindo dos alimentos aumenta as proteínas, evitando perder a massa. O foco do paciente deve estar no emagrecimento, na perda das gorduras e, para isso, deve ficar atento para além da balança.

Clique e leia mais!

Hérnia de hiato e comorbidades

Obesos e desnutridos

Obesidade infantil e fome oculta


Deixe seu comentário




Voltar